Hoje quero dividir mais alguns motivos para incluírem Alto Minho na viagem de vocês. Contei quão surpreendente é o norte de Portugal, fiz degustação de vinho – essa região do Alto Minho é ideal para produção da Alvarinho, uva mais nobre do país –  e também indiquei um hotel fabuloso para vocês se hospedarem.

[box type=”shadow” align=”aligncenter” class=”” width=””]A viagem foi a convite do Hotel Minho, mas a opinião é minha. Desde o início eles deixaram bem claro que eu estaria livre para escrever a minha verdadeira experiência.[/box]

Começando por Valença

Francisco Marques, da agência Bliss Tours, foi o nosso guia. No primeiro dia de passeio, ele nos levou para conhecer a incrível cidade Valença (cuidado: Valência é na Espanha. Estamos falando de Valença!).

Ela é a última cidade portuguesa antes da divisa com a Espanha e em volta dela há uma fortaleza (muralha) de 5km construída no séc. XVII em estilo holandês, mas desenvolvida por engenheiro francês. A muralha está intacta, acreditam? Não é à toa que Valença pode se tornar Patrimônio da Humanidade pela Unesco. O resultado sairá ano que vem e já tem a nossa torcida. É de fato incrível!

[box type=”shadow” align=”” class=”” width=””]Quer fazer tour privado em Portugal? O Franciso Marques é excelente! Entre em contato com ele pelo [email protected] ou veja o site da Bliss Tours![/box]

[box type=”warning” align=”” class=”” width=””]Por Valença se localizar bem na divisa entre dois países, pode haver controle de passaporte. Não esqueça de levá-lo! No dia que fomos, houve controle de passaporte pela polícia portuguesa, mas olha que interessante: pode ocorrer controle misto, ou seja, feito em conjunto pela polícia portuguesa e espanhola.[/box]

Uma das igrejas imperdíveis na cidade é a Santa Maria dos Anjos. É simples e maravilhosa! O altar (tem um “M” de Maria), as pinturas e esculturas são únicas. Ficamos maravilhados! Na capela da direita há a pintura de um Pelicano que representa Jesus, já que quando os filhotes têm fome, o pelicano bica o seu próprio peito para alimentá-los. Exatamente como Jesus fez. Muito lindo!

Para compras, não deixe de conhecer a “Casa Azul”. Os produtos são de excelente qualidade e a loja só existe em Valença!

[tie_slideshow]

[tie_slide] Fortaleza de ValençaPortugal: Valença, MQ Vinhos, Palácio da Brejoeira e Vila Nova de Cerveira [/tie_slide]

[tie_slide] Câmara Municipalcamaramunicipal_ergebnis [/tie_slide]

[tie_slide] PelicanoPortugal: Valença, MQ Vinhos, Palácio da Brejoeira e Vila Nova de Cerveira [/tie_slide]

[tie_slide] ValençaPortugal: Valença, MQ Vinhos, Palácio da Brejoeira e Vila Nova de Cerveira [/tie_slide]

[/tie_slideshow]

Depois de conhecer Valença, fomos fazer uma degustação de vinho na MQ Vinhos.

MQ Vinhos em Monção

A MQ Vinhos é uma empresa familiar. Desde 1683 a propriedade está na mesma família e a partir de 1826 foi destinada a produção de vinho de altíssima qualidade. Quem nos recebeu foi o proprietário Miguel Queimado – enólogo e produtor de vinho em Monção, pertinho de Valença. Ele é uma simpatia! Além de abrir as portas de sua vinícola, abriu as portas de casa. Nos sentimos super bem em sua companhia e conversamos bastante sobre produção de vinho. Sabia que existem formas diferentes de trabalhar uma mesma uva? Finalizamos degustando o Vale dos Ares, vinho produzido pelo Miguel com a uva Alvarinho. Além da nobre uva, no Vale dos Ares está a longa trajetória da excelência na produção e o desafio de colocar em cada garrafa a notável paixão da família pelo vinho.

Outra descoberta foi que nem sempre o vinho mais antigo é o mais saboroso. Esse pensamento é o de muita gente, concordam? Confesso que era o meu também, mas na verdade depende do gosto da pessoa, do que ela quer do vinho no momento em que vai saboreá-lo. Vinhos do ano (jovens) podem surpreender!

Vocês já repararam que em frente às viderias sempre há roseiras? Isso acontece porque rosa é uma flor sensível, então ela sente logo e “avisa” ao produtor quando há alguma praga. Muito bem pensado, não é?

[tie_slideshow]

[tie_slide] PlantaçãoPortugal: Valença, MQ Vinhos, Palácio da Brejoeira e Vila Nova de Cerveira [/tie_slide]

[tie_slide] Vinho Vale dos AresPortugal: Valença, MQ Vinhos, Palácio da Brejoeira e Vila Nova de Cerveira [/tie_slide]

[tie_slide] Miguel e euPortugal: Valença, MQ Vinhos, Palácio da Brejoeira e Vila Nova de Cerveira [/tie_slide]

[/tie_slideshow]

Nos despedimos do Miguel e fomos almoçar em um dos melhores restaurantes da região:

Almoço no Covento dos Capuchos

Covento dos Capuchos hoje em dia é hotel e restaurante, mas antes era um convento – por isso o nome. O mais fantástico é que eles mantiveram o sino e a arquitetura do convento exatamente como era. As antigas celas dos monges foram restauradas e abrigam os quartos do hotel. A decoração é ao mesmo tempo rústica e moderna. Alguns quartos possuem até escritório!

O restaurante gourmet do Covento dos Capuchos serve pratos tradicionais da região do Alto Minho, mas com uma nova interpretação. Cada prato acompanhou a taça de vinho ideal para o que foi servido. Adoramos!

[tie_slideshow]

[tie_slide] Convento dos CapuchosPortugal: Valença, MQ Vinhos, Palácio da Brejoeira e Vila Nova de Cerveira [/tie_slide]

[tie_slide] Pequena parte do restaurante (é enorme!)Portugal: Valença, MQ Vinhos, Palácio da Brejoeira e Vila Nova de Cerveira [/tie_slide]

[tie_slide] Um dos quartosPortugal: Valença, MQ Vinhos, Palácio da Brejoeira e Vila Nova de Cerveira [/tie_slide]

[/tie_slideshow]

 

Depois do farto almoço, fomos ao lindo Palácio da Brejoeira.

 

Palácio da Brejoeira

A atual proprietária ganhou o palácio do pai como presente pelos 18 anos (pai, ainda dá tempo de fazer um agradinho, viu? Aceito o presente mesmo com atraso!). Ela tem 97 anos e mora em uma parte privada do Palácio da Brejoeira, não é fantástico?

Lá tem um teatro particular que é uma graça! O fundo do teatro é o próprio palácio e, por ser particular, somente os donos e convidados poderiam assistir às peças. Além do gracioso teatro, há o lago dos cisnes, uma sala onde o retrato do rei acompanha seus passos, uma capela e até adega! Vocês acreditam que o palácio também produz vinho? Ah, na capela existe um lugar reservado para os donos e um outro para os trabalhadores que atuavam diretamente na produção do vinho. Aos empregados do interior do palácio só era permitido escutar a missa.

[tie_slideshow]

[tie_slide] Palácio da BrejoeiraPortugal: Valença, MQ Vinhos, Palácio da Brejoeira e Vila Nova de Cerveira [/tie_slide]

[tie_slide] TeatroPortugal: Valença, MQ Vinhos, Palácio da Brejoeira e Vila Nova de Cerveira [/tie_slide]

[tie_slide] Sala dos retratosPortugal: Valença, MQ Vinhos, Palácio da Brejoeira e Vila Nova de Cerveira [/tie_slide]

[tie_slide] BibliotecaPortugal: Valença, MQ Vinhos, Palácio da Brejoeira e Vila Nova de Cerveira [/tie_slide]

[tie_slide] Pôr-do-sol no PalácioPortugal: Valença, MQ Vinhos, Palácio da Brejoeira e Vila Nova de Cerveira [/tie_slide]

[/tie_slideshow]

Você também vai conhecer quartos e como era o dia-a-dia de quem morava por lá. Passeio imperdível!!

[box type=”warning” align=”” class=”” width=””]Não pode tirar foto no interior do Palácio e eu sigo as regras. As fotos contidas no post foram gentilmente cedidas pela administração do Palácio da Brejoeira. Obrigada![/box]

Depois voltamos ao hotel, descansamos porque acordaríamos cedinho para alugar bicicletas (disponibilizadas no hotel Minho) e pedalar até a adorável Vila Nova de Cerveira.

Vila Nova de Cerveira

Como disse antes, o passeio até Vila Nova de Cerveira foi feito no dia seguinte. A ciclovia é ao longo do rio Minho e paramos diversas vezes para tirar foto. Além de ser um passeio muito bonito, acho sempre bacana estar em um país – Portugal, no caso – e saber que a cidade que eu vejo do outro lado do rio, faz parte de um outro país (Espanha).  A fronteira e a estreita relação com o rio Minho fez com que a vila se tornasse um ponto estratégico e por isso foi transformada em praça-forte no séc.XVII.

Quando chegamos lá, foi amor à primeira vista. É muito fofa!! O centro histórico da Vila Nova de Cerveira surgiu em torno do Castelo e da Igreja São Cipriano, então essa área se tornou a praça principal da vila.  Mais um lugar que amamos conhecer no norte de Portugal!

[tie_slideshow]

[tie_slide] Vila Nova de CerveiraPortugal: Valença, MQ Vinhos, Palácio da Brejoeira e Vila Nova de Cerveira [/tie_slide]

[tie_slide] Vila Nova de CerveiraPortugal: Valença, MQ Vinhos, Palácio da Brejoeira e Vila Nova de Cerveira [/tie_slide]

[tie_slide] Casa VerdePortugal: Valença, MQ Vinhos, Palácio da Brejoeira e Vila Nova de Cerveira [/tie_slide]

[tie_slide] Vila Nova de CerveiraPortugal: Valença, MQ Vinhos, Palácio da Brejoeira e Vila Nova de Cerveira [/tie_slide]

[/tie_slideshow]

Dias tão maravilhosos assim não poderiam terminar de outro jeito: SPA do hotel Minho!

Portugal: Valença, MQ Vinhos, Palácio da Brejoeira e Vila Nova de Cerveira

[box type=”info” align=”” class=”” width=””]

Hotel Minho

Endereço: EN-13 Vila Meã, Vila Nova de Cerveira, Portugal.

Precisa de informações sobre o Hotel Minho em inglês? Veja no Destsetters!

Site do Hotel Minho

[/box]