Queridos, já cheguei no Brasil e voei pela TAP. Como já fiz um post contando a minha experiência com a Condor (empresa alemã), resolvi também escrever a minha opinião sobre a empresa portuguesa. Eu já viajei diversas vezes pela TAP e, sinceramente, este voo foi o mais ralé. Geralmente, em voos internacionais, cada assento tem uma televisão própria e você pode assistir a vários filmes, seriados, escutar músicas, mas neste voo não era assim. Tinha uma televisão a cada 2 ou 3 fileiras e eu, que sou míope, não consegui assistir quase nada e o fone não funcionou em um dos filmes. Ah, na Condor o fone custa 3,50 euros, mas na TAP ele é gratuito!

Como disse, nunca tinha tido “problemas” com a TAP. Sempre peguei bons aviões, mas em uma viagem tão longa, ainda mais diurna, eu acho muito importante o entretenimento. No mais, foi tudo ok: voo tranquilo sem muitas turbulências, refeição típica de avião (nunca é boa!), poltronas confortáveis… O único defeitinho foi a televisão ser coletiva! Eu já voei várias vezes pela TAP e indico! Ah, se lembram que eu peguei a mania de olhar a poltrona número 13 nos aviões? Eu olhei e na TAP tem a poltrona 13! Eu falei isso porque normalmente em empresas alemãs, a poltrona 13 não existe. Leia mais sobre!

Fiz escala em Lisboa e não saí do aeroporto, mas já tive a oportunidade de ir duas vezes para lá e adorei a cidade! Ela é antiga (lembra muito alguns pontos do RJ!), linda, comida maravilhosa, pastel de belém fantástico e tem coisa mais importante em uma viagem do que lugares bonitos e comida boa?

Eu não tenho mais os nomes dos restaurantes que eu fui (quando fui, ainda não tinha o blog), mas não tem erro: pergunte no seu hotel algum lugar bom e eles indicarão. Sem contar que fomos andando e quando sentíamos fome, parávamos em um restaurante, assim, sem indicação e os pratos sempre foram ótimos! Não sei se tivemos sorte, mas o bacalhau é realmente muito gostoso e os pratos são muito grandes! Dá para dividir tranquilo com outra pessoa! Sempre oferecem aperitivo no início (pão, queijo, coisas pequenas) e é pago! Algo em torno de 10 euros. Caso o aperitivo seja um queijo chamado “Queijo da Serra”, coma sem medo. É o melhor queijo que já comi na minha vida!!

Em Lisboa tem uma bebida chamada Frize. Eu tomei a sabor limão e achei super gostosinha e só tem 4cal/100ml! Outra coisa que eu vi muita gente tomando é tipo o nosso toddynho, mas em garrafa de vidro. Eu adoro leite com toddy e nunca vi na Alemanha ou na Áustria. Cem pontos* para Portugal!

Fotos das bebidas:

Meu voo saiu de Munique no sábado, às 6:00 da manhã. Isso significa que teríamos que dormir em Munique, já que o primeiro trem do dia sairia de Ainring às 5 da manhã e nossa aldeia é 2h30m distante de Munique, então não daria tempo. Ficamos em um hotel pertinho do aeroporto que é muuuuuuuuuito bom para quem precisa ficar uma noite. Ele se chama Holiday Inn Express. É bem perto do aeroporto (uns 5 minutos de carro) e eles “fornecem” (as aspas é porque você tem que pagar 5 euros por pessoa) transporte a cada 30 minutos e o café da manhã é servido a partir das 4 da manhã, ou seja: ele é feito para quem chega/sai em voos na madrugada. Os quartos são espaçosos, super confortáveis, banheiro ótimo, tudo bem limpinho, o café da manhã é bem gostoso (tem vários pães diferentes, queijos, presuntos, geléias, nutella, frutas, cereais, leite e aquelas máquinas de café que fazem de tudo – chocolate quente, capuccino, etc). Recomendo muito! Eu não me hospedaria o período inteiro da viagem por ser longe da cidade, mas é um hotel muito bom. Pagamos 79 euros pela diária em quarto duplo e não se preocupem: é perto do aeroporto, mas não dá para escutar nada durante a noite. Primeiro que os vidros da janela são excelentes e segundo porque é proibido voos após onze horas da noite.

Só mais um detalhe: é possível fazer o check in e despachar as malas no dia anterior à viagem, mas cuidado: só até 21h! Schatz e eu queríamos despachar as bagagens e ir pra o hotel sem mala e com o check in já feito, assim poderíamos chegar com uma hora de antecedência e não duas, como é necessário para voos internacionais, mas só conseguimos fazer o check in porque chegamos no aeroporto depois das 21:00! Se lembram que em Viena é possível guardar a bagagem por até 24h na estação de trem pagando apenas 2 euros? Pois é, pensamos que seria parecido no aeroporto de Munique, mas estávamos errados: o preço para deixar a bagagem no aeroporto varia de acordo com o peso dela. Tínhamos 2 malas de 23kg cada, o que nos custaria 18 euros. Detalhe: o taxi até o hotel nos custou 12 euros. Escolhemos o taxi!

Fica a dica – Munique (hotel para quem chegará/partirá de madrugada! Perto do aeroporto!)

  • Hotel: Holiday Inn Express.
  • Endereço: Freisinger Straße, 94 – Schwaig
  • Lanche rápido: Currywurst (salsicha com curry) na estação de trem principal (Hauptbahnhof) ou no aeroporto (em uma lanchonete chamada Smokey Joe’s que imita um avião de guerra antigo. Não tem erro, mas, por via das dúvidas, foto aqui!. Eu prefiro com salsicha vermelha (Rote Currywurst), mas também tem com salsicha branca (Weiße Currywurst)!

 

Agora vou correr para o shopping porque Schatz ainda não tem terno para o nosso casamento!

Beijos, queridos!

*Não sei se chega a ser uma expressão alemã, mas meus amigos daqui, quando aprovam alguma coisa, dizem Sehr gut! Hundert Punkte, que significa “Muito bom! Cem pontos”!